domingo, 15 de fevereiro de 2015

II Congresso Nacional de Ajuda à Mulher debaterá defesa da vida

Com o tema "Defendendo a Vida", o Centro de Ajuda à Mulher (CAM) promoverá, de 27 a 29 de março, o II Congresso Nacional, em Florianópolis (SC). O encontro contará com a presença do fundador do centro, Dr. Jorge Serrano, e da diretora do CAM para a América Latina, Maria Delgado. Membros do Centro de Ajuda à Mulher no Brasil irão partilhar experiências sobre os trabalhos desenvolvidos no país.

A proposta do Congresso é também apresentar a missão do CAM às dioceses que ainda não possuem o Centro, com o objetivo de colaborar na implantação da atividade.

As inscrições para o evento já estão disponíveis. Confira aqui.

Salvar vidas

O Projeto CAM busca identificar e auxiliar gestantes em crise, com intenção de abortar. Por meio dos agentes, orienta às mulheres sobre os riscos dos procedimentos alternativos para interromper a gravidez. Oferece, ainda, à gestante que deseja manter gravidez, orientação pessoal, familiar e espiritual. São acompanhamentos individuais, como auxílio nas despesas, testes de gravidez, ultrassom, enxoval. Em alguns, após o nascimento do bebê, realizam o encaminhamento a Casas de Acolhimento, à adoção, e acompanhamento médico e psicológico.

No ano passado, foram salvas mais de 1300 vidas por meio dos serviços prestados pelo Projeto CAM. Em 1989, tiveram início as atividades do CAM no México, e no Brasil, o primeiro Centro foi instalado na cidade de Jacareí (SP), sendo a sede nacional, responsável pelo encaminhamento das gestantes às unidades Pró Vida e de Amparo.

Para saber como implantar o CAM, entre em contato com a diretora nacional, Olga Oliveira, pelo e-mail cambrasildirecaonacional@gmail.com

Via CNBB

Reações: 
Share This

0 comentários: