quinta-feira, 25 de setembro de 2014

DNJ 2014 vai refletir a temática do Tráfico Humano

No Dia Nacional da Juventude 2014, os jovens católicos de todo Brasil irão refletir sobre o tema do Tráfico de Pessoas. A ideia da Coordenação Nacional da Pastoral Juvenil é que o DNJ possa refletir sobre o tema nos próximos anos. Relevo que "Fraternidade e Tráfico Humano" também foi o tema que inspirou toda a Igreja do Brasil na Campanha da Fraternidade deste ano. 
O TSH (Tráfico de Seres Humanos) tem combate dificultado pela invisibilidade do problema, os aliciadores estão infiltrados dentro da sociedade. O tráfico humano é crime que atenta contra a dignidade humana, explora o filho de Deus, limita suas liberdades, despreza sua honra, agride seu amor próprio e subtrai suas vidas. O Concílio Vaticano II classifica tais atrocidades como prejudiciais a civilização humana e ofensa a honra do criador. Agride o criador, aquele que ataca a criação. 
"Feitos para sermos livres e não escravos", esse é o lema a ser proclamado em todo país antes, durante e depois do evento, tendo em vista que o DNJ é composto de três partes significativas: a preparação; o momento e a repercussão ou a reflexão sobre o momento. 
Em 1999 aconteceu uma convenção internacional em Palermo, onde foi assinado o Protocolo que leva o nome da cidade (Protocolo de Palermo), o Brasil assinou o documento, comprometendo-se assim a combater o crime organizado transnacional de seres humanos.
Por iluminação bíblica foi tomada o seguinte trecho do livro de Jeremias: "Eis o que diz o Senhor: praticai o direito e a justiça, e livrai o oprimido das mãos do opressor" (Jr 22, 3a).

"Fostes chamados para a liberdade" (Gal 5, 13), Jesus Cristo é a força que edifica a construção da liberdade. 
O DNJ nasceu em 1985, ano em que o Papa João Paulo II lançava a JMJ em Roma. A reflexão deste ano traz mais uma vez a denúncia das mortes e explorações dos jovens pelo país, e ligada a isso vem a violência, desafios tão presentes e desumanos desafios.

Fonte: Jornal Centelha Beta

Reações: 
Share This

0 comentários: