domingo, 19 de dezembro de 2010

Finanças são debatidas em encontro com as comunidades

Neste domingo, 19 de dezembro, mais de 60 pessoas entre coordenadores, tesoureiros ou representantes de grupos, pastorais e de algumas comunidades da zona rural e urbana se reuniram e participaram ativamente de um encontro que foi realizado no Centro de Treinamento São Vicente, no centro da cidade, para analisar e propor alternativas para crise financeira que a paróquia Nossa Senhora da Boa Esperança vem enfrentando nos últimos meses.

Na primeira parte do encontro os presentes analisaram a situação de cada comunidade, grupo ou pastoral em adquirir fundos para se manterem e manter a paróquia, os mesmos têm como renda os festejos, leilões, bingos e as ofertas do culto dominical ou novenas. E também da dificuldade em conscientizar as pessoas da comunidade a serem dizimistas.

Na segunda parte a equipe paroquial propôs as comunidades às seguintes sugestões: leilões americanos; prestação de contas dos festejos em 10 dias após o termino;  a criar um arquivo na comunidade; ter um livro caixa e enviar a secretaria paroquial um calendário com as atividades anual de cada região.

Finalizando o encontro, a equipe da secretaria paroquial falou aos presentes a real situação financeira em que a paróquia se encontra no momento e que a instituição não terá mais a ajuda do grupo de amigos da Alemanha que era para folha de pagamento dos funcionários. A Paróquia arrecada mensalmente entre oito e dez mil reais e têm despesas entre 12 e 20 mil reais, portanto está no vermelho e precisa da colaboração de todos os paroquianos.

Reações: 
Share This

0 comentários: