segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Liturgia - 04 de janeiro - 2a Feira do Tempo do Natal depois da Epifania

Cor Litúrgica: Branca
Ofício do dia da semana do Natal
Leituras: I Jo 3, 22-4,6 - Sl 2 - Mt 4,12-17.23-25
Liturgia das Horas: 492-525-726
Oração das Horas: 238 - 247 - 866

"Convertei-vos, pois o Reino dos Céus está próximo"

Todos nós, cristão, devemos render graças a Deus Pai pela manifestação de seu Filho, Jesus, que trouxe a salvação para todos os povos.

"Devemos, em silêncio, e por horas seguidas, ouvir e deixar agir a palavra divina, até que ela nos estimule a louvar a Deus na oração e no trabalho"
 (Santa Edith Stein)

SANTO DO DIA

Beata Ângela de Foligno, viúva, +1390
Nascida em 1248, na cidade de Foligno, Úmbria, Itália, de pais ricos e não cristãos. Casou-se cedo e teve vários filhos. Vivia uma vida mundana e por vezes sacrílega. Depois de uma visão em 1285, converteu-se. Mais tarde, sonhou com São Francisco de Assis e resolveu fazer a mesma peregrinação que ele havia feito. Decidiu, etão, abandonar tudo e entrar para a Ordem Terceira de São Francisco de Assis. Teve várias experiências místicas, relatadas pelo seu biógrafo, Padre Arnaldo de Foligno. Notável pela sua caridade, visionária, mística, é considerada a primeira escritora mística da história da Igreja. Uma das passagens mais interessantes da sua vida ocorreu quando ela estava refletindo sobre a Paixão de Cristo e entrou em êxtase, no qual Cristo lhe disse: “Não foi para brincar que te amei”. Segundo ela, Jesus estava referindo-se ao Seu sacrifício na Cruz para nos salvar. Morreu na mesma cidade em que nasceu, em 4 de janeiro de 1390, e foi enterrada na Igreja de São Francisco de Assis em Foligno, Itália. Na arte litúrgica da Igreja, ela é representada com Jesus convidando-a para a Sagrada Comunhão.


Reações: 
Share This

Um comentário: