sábado, 9 de maio de 2009

A BENÇÃO E A ADORAÇÃO

2626 A [§152] bênção exprime o movimento de fundo da oração; é o encontro de Deus e do homem; nela o dom de Deus e a acolhida do homem se chamam e se unem. A oração de bênção é a resposta do homem aos dons de Deus: uma vez que Deus abençoa, o coração do homem pode bendizer Aquele que é a fonte de toda bênção.
2627 Duas [§153] formas fundamentais exprimem esse movimento da bênção: ora ela sobe levada no Espírito Santo por Cristo ao Pai (nós o bendizemos por nos ter abençoado [a154]); ora ela implora a graça do Espírito Santo, que, por Cristo, desce de junto do Pai (é Ele que nos abençoa[a155] ).
2628 A [§156] adoração é a primeira atitude do homem que se reconhece criatura diante de seu Criador. Exalta a grandeza do Senhor que nos fez [a157] e a onipotência do Salvador que nos liberta do mal. É prosternação do Espírito diante do "Rei da glória[a158] ” e o silêncio respeitoso diante do Deus "sempre maior[a159] ”. A adoração do Deus três vezes santo e sumamente amável nos enche de humildade e dá garantia a nossas súplicas.

Fonte: CIC (Catecismo da Igreja Católica)

Reações: 
Share This

0 comentários: